Climatério e Menopausa: Entenda a relação e a diferença

Climatério e Menopausa: Entenda a relação e a diferença

Muitas pessoas confundem o termo climatério com a menopausa em si, pois, os sintomas são os mesmos, porém, com intensidades diferentes.

O que é Climatério?

O climatério marca a transição da fase reprodutiva para a não reprodutiva da mulher, englobando o início das alterações hormonais até o fim delas, ou seja, tem início na pré-menopausa (período em que a mulher ainda pode ter os ciclos menstruais, porém, de forma desregulada, podendo ser considerada a última fase em que a mulher pode engravidar de forma natural) e envolve a pós-menopausa, podendo se encerrar depois de muitos anos . Os sintomas mais comuns como fogachos, sudorese noturna, tonturas, queda de cabelo e aumento de peso tendem a aparecer, pois, o organismo vai lenta e gradativamente deixando de produzir os hormônios de progesterona e estrogênio.

Menopausa

Na menopausa, a mulher encerra por completo os ciclos menstruais e outros sintomas podem surgir durante este período, ou intensificar os que já estão presentes. O cuidado nesta fase precisa ser redobrado, pois é comum desencadear o aumento da pressão arterial e também, o enfraquecimento dos ossos, causador da osteoporose.

Se este período se iniciar antes dos 40 anos, pode se caracterizar como menopausa precoce, que ocorre normalmente a quem fez tratamentos intensos, como quimioterapia ou por fatores genéticos. Veja abaixo esse vídeo de apenas 90 segundos, que explica mais sobre a menopausa. 

Tratamentos

– Para os sintomas: A terapia de reposição hormonal sintética é cogitada por mulheres para reduzir os sintomas da menopausa, porém, oferece riscos à saúde. A princípio, é melhor optar por tratamentos naturais, que não são agressivos ao corpo. O composto Active Woman Plus possui óleo de prímula, gérmen de soja, linhaça, ômega 3 e ômega 6, que são essenciais na redução dos incômodos sintomas da menopausa.

– Para engravidar: A gravidez se torna algo mais complexo neste período, sendo possível apenas com auxílio da medicina, por meio de reprodução assistida. Uma ótima alternativa também é congelar os óvulos quando mais jovem, para quando chegar na época da menopausa, utilizar os mesmos para engravidar.

Gostou das dicas? Cuide-se bem e tenha uma vida mais saudável e feliz!

Saiba+ Active Woman Plus bula

Publicidade